Clara Nunes – Memória do Samba

O Estação Samba preparou uma homenagem a eterna musa Clara Nunes, que em agosto deste ano completaria 70 anos se estivesse viva.

Clara Nunes nasceu em Paraopeba, hoje Caetanópolis em Minas Gerais, no dia 12 de agosto de 1942. Muito nova Clara ficou órfã de pai e logo depois de sua mãe. Aos 16 anos foi para Belo Horizonte, onde trabalhou em uma fábrica de tecidos. Nesta época começou a cantar no coral de uma Igreja. Clara cresceu ouvindo Carmem Costa, Ângela Maria e, principalmente, Elizeth Cardoso e Dalva de Oliveira, das quais sempre se inspirou, sem perder seu estilo próprio, que a tornaria uma das maiores cantoras do nosso país.

Em 1965, ela foi para o Rio de Janeiro e passou a apresentar-se na TV Continental, no programa de José Messias. Logo depois foi contratada pela Odeon, que em 1966, lançou seu primeiro LP, A voz adorável de Clara Nunes, em que interpreta boleros e sambas-canções. Em 1968, gravou “Você passa e eu acho graça” de Ataulfo Alves e Carlos Imperial. Este foi seu primeiro sucesso e marcou definitivamente a relação de Clara com o samba.

A cantora pesquisou e valorizou a música popular brasileira, seus ritmos e seu folclore. Viajou várias vezes para a África, representando o Brasil. Conhecedora das danças e das tradições afro-brasileiras converteu-se ao candomblé e foi uma das cantoras que mais gravou os compositores da Portela, sua escola de coração.

No início da década de 1960, por influência do produtor musical Cid Carvalho, mudou seu nome para Clara Nunes, usando o sobrenome de sua mãe e depois de casada adotou o nome Pinheiro de seu marido Paulo Cesar Pinheiro, com quem foi casada por 6 anos.

A cantora morreu aos 40 anos, depois de vender em torno de quatro milhões de discos, vítima de complicações médicas decorrentes de uma operação de varizes no dia 2 de abril de 1983, no Rio de Janeiro. Ela foi velada na quadra da Portela e arrastou uma multidão de fãs da guerreira Clara Nunes.

Ouça o especial sobre a vida e a obra da cantora:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Texto e pesquisa: Tais Carvalho

Locução: Darya Goerisch e Tais Carvalho

Edição: Gabriel Collares e Tais Carvalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>